sexta-feira, 20 de maio de 2011

Pedais NIG







Esses pedais sao simplesmente maravilhosos! eu tenho um Xtreme e o som é animal!
Esses pedais sao brasileiros e sao exportados pra fora com o nome de GNI. Sao verdadeiros tanques feito pra resistirem a muitas pisadas.Seus knobs saao cabeça de galinha que dao um ar mais vintage para o pedal. Eles sao meio grandes, mas esses com certeza valem ocupar um espacinho no board.



Pedal Nig Analog Stereo Dual Chorus




Pedal estéreo de dupla regulagem, o ASDC gera harmônicos quentes e intensos como só os genuinos circuitos analógicos podem fazer.
Permite desde ajustes lentos até bem rápidos, lembrando um tremolo. O controle energy mistutra o som limpo ao efeito, permitindo diferentes medidas de expressão.
- Dupla regulagem, ou seja, DOIS PEDAIS EM UM
- 100% Analógico (equipados com chip BBD)
- 3 Controles em cada canal (speed, deph, energy)

Trata-se de um dos pedais mais bem quistos internacionalmente desde que foi lançado.
Eu gostaria de testalo, parece ser muito bom.
http://www.gnipedals.com/index.php?option=com_content&view=article&id=9&Itemid=27






Pedal Nig Amp Simulator




Além de um poderoso simulador capaz de reproduzir os sons dos principais amplificadores do mercado, esse pedal tem ainda um booster independente, que pode ser acionado tanto junto ao efeito como com o som limpo.

Controles:
- Três chaves (Mic, Mod e Amp) possibilitando 27 diferentes regulagens.
- Cinco potenciômetros: Drive, Level, Low, Mid e High.
- Um potenciômetro para intensidade do booster.
- Entrada de energia 9V padrão BOSS.
Três chaves possibilitando 27 diferentes regulagens




http://www.gnipedals.com/index.php?option=com_content&view=article&id=4&Itemid=26







Pedal Nig Dual Drive



Dois overdrives completos em um único pedal, podendo ser alternados num toque de pé.

Cada overdrive tem um timbre particular, e ambos permitem ir de um drive até um hyper overdrive.

• Controles:

- Chave de três posições, para você escolher entre os modos Overdrive, Super Overdrive ou Hyper Overdrive.

- Drive, Tone e Level


http://www.gnipedals.com/index.php?option=com_content&view=article&id=6&Itemid=49





Pedal Nig Multi Fuzz and Vintage Distortion




Pedal 2 em 1

1 - Um Distortion de altíssimo ganho e timbre aveludado (algo como um ProCo RAT mas com a sensibilidade de um Zvex Box of Rock)

2 - Mais um fantástico Fuzz de três modos, estilo Jimi Hendrix:
-primeiro, mais suave, traz características de overdrive (Fuzz Face).
-segundo, mais agressivo, resulta em fortes saturações (Big Muff).
-terceiro acrescenta um oitavador analógico clássico (Octavia).

Ambos os pedais podem ser acionados ao mesmo tempo, o que permite criação de timbres inusitados.



http://www.gnipedals.com/index.php?option=com_content&view=article&id=5&Itemid=50







Pedal Nig Phaser & Flanger



Dois efeitos de modulação num só pedal! E o melhor: com todos os recursos que não poderiam faltar num NIG. Cada efeito (o Flanger e o Phaser) conta com 4 controles principais. Além desses, o flanger traz ainda um modo especial de timbre altamente inusitado e um modo alternativo de controlar o oscilador. Com tudo isso, mais a possibilidade de acionar os dois efeitos simultaneamente, é possível produzir desde os efeitos verdadeiramente psicodélicos dos anos 60 até sons totalmente inéditos.

Principais recursos:
· 2 pedais independentes

· 4 controles principais em cada pedal

· 2 controles adicionais para o flanger


http://www.gnipedals.com/index.php?option=com_content&view=article&id=2&Itemid=54







Pedal Nig Shred Pro





Características

O Shred Pro foi concebido com intuito de recriar os timbres clássicos que fizeram a história do rock n roll inglês das décadas de 60 e 70. Nessa época era comum se usar os “stacks” que é a combinação de um cabeçote com duas caixas contendo 4 alto-falantes de 12 polegadas em cada uma. Essa configuração resultava em um timbre rico em freqüências graves, além de uma maior dispersão sonora. Seguindo essa linha de raciocínio, o Shred Pro conta com um timbre bem encorpado e com bastante peso. Sua saturação vai desde um overdrive a lá AC/DC até uma distorção hi gain com características vintage. Conta com os tradicionais controles de drive (quantidade de saturação), Level (volume), Bass (grave), mid (médio), treble (agudo), um booster independente que pode adicionar até 8 dbs de volume, podendo ser usado junto ou separado da saturação do pedal, além de uma chave denominada “MOD”por onde é possível selecionar 3 timbres diferentes:

1 – Timbre clássico com bastante presença.
2 – Mesmo timbre, porém com o brilho menos acentuado.
3 – Outro timbre com atenuação nos médios.

Outra grande sacada desse pedal é o led que muda de cor de acordo com o nível de ganho ajustado, que vai do verde ao vermelho intenso na medida em que é adicionado mais ganho no booster. Isso é de grande auxílio quando se está tocando ao vivo, principalmente quando temos pouca iluminação, o que é muito comum em shows.

Timbrando

Na posição número 1 o timbre é totalmente clássico, com as freqüências bem equilibradas de uma forma geral. O legal é que mesmo com um amp pequeno, a sensação de estar tocando num stack é notória. Ajustei os controles de drive, bass, mid e treble de maneira flat, ou seja, com todos os knobs exatamente no meio, e o timbre ficou perfeito pra tocar sons rock n roll à lá AC/DC, então acabei emendando na introdução de “Back in Black”, pois o timbre me remeteu instantaneamente a isso. Com o ganho acentuado, o timbre se mantém intacto, porém com muito mais facilidade pra se tocar frases em alta velocidade.

Na posição 2, os agudos são atenuados deixando o timbre mais aveludado, perfeito pra tocar um blues. Ajustando o nível de ganho é possível se obter timbres bem próximos aos usados por Stevie Ray Vaughn, principalmente se estiver usando uma strato.

Se a posição 1 nos remete a timbres clássicos, a posição 3 nos leva ao Thrash metal da Bay Area, estilo que ficou famoso por causa de bandas como: Metallica, Exodus, Testament, Forbidden entre outras. Deu até certa nostalgia dos riffs e bases características do estilo. Foi inevitável executar alguns riffs cheios de palhetadas trinadas, mostrando que o Shred Pro nos surpreende sendo um pedal bem versátil pra quem quer passear pelos estilos mais característicos do rock e blues indo até o metal, mas sempre mantendo uma característica vintage no timbre.



http://www.gnipedals.com/index.php?option=com_content&view=article&id=8&Itemid=52






Pedal Nig X-treme Distortion



Pedal de dois estágios capaz de oferecer desde uma distorção leve até uma, como o próprio nome diz, extrema.
Além disso, o modo x-treme, acionado num toque de pé, ressalta o ataque da palheta, fazendo com que o som da guitarra se destaque sobre os demais instrumentos.

Tenho esse pedal e ele é simplesmente D+!!! Alem dos knobs pode-se selecionar 3 timbre diferentes em uma chavezinha q tem nele.
Tem 2 dpdt's, uma delas (direita) liga a distorçao, a outra (esquerda) é o efeito "extreme" (selecionavel pelo knoob de mesmo nome). Ele nao é um booster, ele da uma encorpada no som (e que encorpada, hehehe), ficando mais sujo e reagindo de acordo com a palhetada.







Site do fabricante:
http://www.nigstrings.com.br/intro_violao/intro.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...

Contador

Contador de visita